sábado, 5 de dezembro de 2009

Pérolas do Enem 2009

.

O que é o Enem? O Exame Nacional do Ensino Médio, criado a princípio para avaliar o desempenho do ensino médio nas escolas públicas e privadas, conta pontos no vestibular das universidades públicas e para o ProUni. Esses pontos, acrescentados no total da somatória, fizeram com que, consequentemente, o Enem acabasse virando um segundo vestibular mesmo diante do aumento da possibilidade de ingresso nas universidades.

A grande maioria dos candidatos é oriunda de escolas públicas e estão à procura de um lugar ao sol no mundo acadêmico. Porém, a prova deste ano, elaborada pelo Cesgranrio, ele mesmo um executor de vestibulares, leva à reflexão sobre o objetivo silenciado do Enem. A própria denominação "candidato" já remete à concorrência que não deveria existir já que, teoricamente, seria uma prova avaliativa e não estariam concorrendo a nada.

Porém, o processo é cruel. Jovens de 1,80 m ficam sentados por quatro horas seguidas em cadeiras e mesas para crianças de 12 anos, respondendo 90 questões de uma prova de múltipla escolha. Isso num dia, no outro mais uma batelada de questões, uma redação e mais quatro horas de prova. Chega um momento antes da metade ainda que o corpo começa a reclamar, mexem-se, espreguiçam-se, coçam os olhos, a cadeira cria formigas imaginárias. Há os que não resistem e saem para água e banheiro, mas o objetivo é esticar as pernas, que ficam literalmente encolhidas. Mesmo rápidas, essas saídas diminuem o tempo de prova desses candidatos, que podem ser prejudicados, sendo porém uma questão de escolha entre a saúde física e a sanidade mental.

No final da prova os cadernos de questões são liberados. Ninguém tem muita certeza do destino deles, provavelmente servem para conferir as respostas em casa ou na melhor das hipóteses, compartilhar com outras pessoas que ainda farão o Enem.

O que é certo é que alguma informação escapa ao controle dos executores e em alguns dias infalivelmente começam a rodar na internet aqueles e-mails do tipo "Pérolas do Enem 2009", baseados em trechos de redações e questões abertas com respostas bizarras que giram no mundo virtual virando motivo de piada.

Pessoas famosas em seus programas de tevê lêem em rede nacional o que esses jovens escrevem fazendo chacota com suas respostas ao invés de utilizarem a sua possível influência, investir suas energias e uma provável inteligência para reverter esse quadro.

Ocorre que os jovens que dão essas respostas, além de sofrerem um processo exaustivo de dois dias de provas, são o resultado complexo da soma de consequências ocasionadas por questões sociais, educacionais, políticas, etc., nas quais está inserido um sistema de ensino falho e retrógrado já conhecido por todos, pais ausentes e a banalização da violência. São o espelho do descaso da sociedade para com os seus próprios descendentes e que acha tudo muito engraçado. Estão rindo do seu futuro.

Entretanto, ao vê-los suando a camisa, o sentimento que despertam é o desejo de que nunca desistam e lutem sempre. Esses jovens têm planos para seu futuro e seus sonhos devem ser respeitados.

.

3 comentários:

... disse...

Enda... amei seu texto...
bom mesmo.
e me fez repensar o outro lado..

Olha só, peguei uns link teu e coloquei no meu blog tá :P
Bj bj

Carolina disse...

Que LINDO o texto! Mesmo, demais! E é mt verdade, quase morri fazendo essa prova maldita. E que foi MUITO mal feita, diga-se de passagem, avaliando, inclusive, ideologia ao invés de conhecimento. Mas enfim, passou já, graças a Deus, só espero que eles revejam essa prova e melhorem bastante pro ano que vem.

Beijos, querida!
Mais uma vez, parabéns pelo post.

Sabrina Mieko disse...

Oi Edna!
Uia, não sabia que vc tinha blog...
Bjs

Edna Costa. Tecnologia do Blogger.